Cultura

Com “bibliotecas vivas”, São Paulo fomenta acesso à cultura

O Estado de São Paulo não mede esforços para oferecer à população atrações na área da cultura, estimulando o acesso dos jovens ao conhecimento em vários segmentos, da música à literatura, passando pela fotografia e poesia.

Entre os equipamentos criados para atender essa demanda, destacam-se as bibliotecas-modelo do governo de São Paulo, uma localizada no Parque da Juventude, a Biblioteca de São Paulo – BSP, e outra no Parque Villa-Lobos – BVL, na capital.

Ambas oferecem diversas atividades gratuitas voltadas para o público jovem, além do seu acervo de livros e jogos, como oficinas de escrita criativa, de fotografia e de literatura, bem como o Luau, que apresenta temas relacionados à música, literatura e poesia e oferece espaço para apresentações musicais.

A programação cultural inclui palestras, contação de histórias, cursos, oficinas, discussões sobre temas literários, intervenções teatrais, apresentações musicais, cursos diversos e brincadeiras.

Com uma estrutura planejada para dar conforto, autonomia e atenção aos usuários, a BSP oferece conteúdo em formatos variados, como livros tradicionais ou em formatos acessíveis (braille, audiolivro), DVDs, CDs, além de jogos. Conta ainda com recursos tecnológicos e computadores, rede wireless e terminal de autoatendimento.

Já a BVL proporciona uma experiência diferente em leitura, lazer, aprendizado e diversão, com foco na literatura e nas questões ambientais. Seu acervo é formado por livros, revistas, jornais, livros eletrônicos, audiolivros, HQs, DVDs e CDs, além de livros em braille e falados, voltados para pessoas com deficiência.

O ambiente inclusivo e acessível possui diversos aparelhos de tecnologia assistiva, como folheador de páginas, mesa ergonômica, leitora autônoma, reprodutor de áudio, régua braille, teclado e mouse adaptados, computadores com leitor de tela, mouse e teclado adaptados. Por fim, o espaço tem salas de criatividade, sala de jogos eletrônicos, ludoteca, espaço para leitura, computadores com acesso à internet e deck com vista para o parque.

Ciclistas são bem-vindos

Outra facilidade oferecida pelas bibliotecas de São Paulo é a possibilidade de o usuário ir até elas pedalando, já que ambas oferecem espaços exclusivos para guardar bicicletas. A BSP, que fica no Parque da Juventude (Estação Carandiru do Metrô), possui quatro vagas, e a BVL, no Parque Villa-Lobos, comporta cinco bikes – porém, nas duas é preciso levar corrente e cadeado.

Para obter mais informações, acesse os sites da BSP e da BVL.

CONTATO

O GRUPO

ANUNCIE

DIVULGUE

Rua: Francisco Luis de Souza Junior, 398

Água Branca, São Paulo

11 3641 7860 - 98260 9162

contato@mostradeideias.com.br

Nossas Redes

Search